Profissionais de Saúde
Esqueci minha senha cadastre-se
  • Home » Farmacêutica

    Primeira unidade do Cristália, a Farmacêutica é responsável pela produção dos medicamentos que chegam ao mercado, seja por meio de hospitais ou distribuição em farmácias e drogarias.

    Da farmácia ao hospital

    Primeira unidade do Cristália, a Farmacêutica é responsável pela produção final dos medicamentos que chegam ao mercado, por meio de hospitais, farmácias e drogarias. Atualmente, o laboratório possui três unidades Farmacêuticas, duas no Complexo Industrial de Itapira e uma em São Paulo. Enquanto as unidades Farmacêuticas de Itapira são responsáveis pela produção de sólidos, líquidos orais, semissólidos, colírios e injetáveis, a unidade de São Paulo é responsável pela produção de líquidos e liofilizados destinados aos hospitais. O Laboratório Cristália é líder em Anestesia na América Latina.

    Em 2010, foi inaugurada nova planta Farmacêutica no Complexo Industrial de Itapira. A fábrica possui equipamentos e tecnologia que garantem a transferência de matéria-prima e produtos com absoluta segurança, sem a contaminação de produtos e colaboradores. Com 35 mil m² de área construída, foi projetada para quadruplicar a produção do laboratório, conforme a demanda do mercado. Na mesma unidade há outra planta Farmacêutica com 16 mil m². Já a unidade Farmacêutica localizada em São Paulo possui 8.000 m² de área construída. A estrutura das plantas Farmacêuticas do Laboratório Cristália é montada com o que existe de mais avançado em produção farmacêutica, com equipamentos inéditos no Brasil.

    A Farmacêutica do Cristália foi a primeira do País a realizar a rastreabilidade primária dos produtos para a área hospitalar. Todo o portfólio de injetáveis (líquidos e liofilizados), sólidos (comprimidos, drágeas e cápsulas) e semissólidos (cremes e pomadas) voltados à área hospitalar conta com código DataMatrix individual. É possível consultar o princípio ativo, validade do produto e lote de fabricação, com menos trabalho e mais segurança na farmácia dos hospitais, por meio de leitor ótico.