Profissionais de Saúde
Esqueci minha senha cadastre-se
  •  Cristália - Releases

    Home » Releases » Colagenase do Cristália recebe patente...

    08/08/2017

    Colagenase do Cristália recebe patente americana

     

    Laboratório comemora a conquista da 93ª patente, que representa um marco para a ciência nacional, com pesquisa científica e desenvolvimento 100% brasileiros

     

    Em 08 de agosto, o Laboratório Cristália, que ao longo dos seus 45 anos se diferencia no mercado farmacêutico nacional pela inovação, comemora o recebimento da sua 93ª patente. Todo registro deve ser celebrado pelas indústrias farmacêuticas, no entanto, esse é especial, pois se trata da concessão da patente do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) Colagenase animal-free nos Estados Unidos.

    A patente americana endossa a qualidade e inovação em nível mundial da colagenase, desenvolvida 100% no Brasil, com pesquisa científica nacional e obtida a partir de uma bactéria isolada da biodiversidade brasileira. “Foram mais de 15 anos de pesquisa, desenvolvimento, inovação e engajamento dos nossos cientistas, que foram imprescindíveis para a obtenção desse que é um dos orgulhos do Cristália: o IFA Colagenase animal-free, ou seja, produzido de maneira inovadora e totalmente livre de componentes de origem animal, o que confere maior produtividade e pureza mais elevada, de tal maneira que, além de ser utilizado na pomada Kollagenase ( utilizada para o tratamento de feridas e queimaduras)  pode ser empregado no desenvolvimento de novas formulações, apresentações e associações terapêuticas voltadas para os mercados interno e externo”,  ressalta Eduardo Job, Presidente Executivo do Laboratório Cristália.

    Sobre o IFA Colagenase animal-free. O insumo foi criado com investimentos robustos do Cristália, buscando o desenvolvimento da matéria-prima necessária para a produção da pomada Kollagenase, fabricada pelo Laboratório desde 1979 e indicada para o tratamento de feridas de diversas etiologias (debridamento enzimático) e queimaduras, largamente utilizada em hospitais. Até 2016, quando o IFA Colagenase foi aprovado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no Brasil, a pomada era fabricada com a colagenase importada. O Cristália, inclusive, é líder no Brasil, abrangendo 64% do mercado brasileiro de produtos à base da enzima Colagenase. Agora, com a patente americana, o Laboratório obterá ainda mais fôlego com exportações em outros mercados altamente competitivos.

    Inovação. O Cristália é um laboratório que respira inovação desde sua fundação, em 1972, razão pela qual produz 53% dos IFAs empregados em seus produtos, enquanto o mercado nacional importa mais de 90% dos insumos. Hoje, são 93 patentes concedidas dos 175 depósitos de pedidos de patentes. “Foi a partir desse DNA inovador, que desenvolvemos Colagenase com alto padrão de excelência, colocando o Brasil, pela primeira vez, no posto de exportador de biotecnologia. É exatamente por esse motivo que a 93ª patente do Cristália ganha um peso especial para os mais de 5 mil funcionários do Cristália e para o Brasil de maneira geral”, conclui Job.

     

     

    Pomada Kollagenase produzida com o IFA colagenase desenvolvido pelo Cristália